Inteligência Artificial,  ultimas

A Inteligência Artificial corre o risco dos mesmos equívocos das redes sociais, alerta presidente da Microsoft

A Inteligência Artificial (IA) tem sido um tema importante na evolução tecnológica. Contudo, segundo Brad Smith, presidente da Microsoft, o seu rápido desenvolvimento pode nos conduzir a erros semelhantes aos cometidos no início da era das redes sociais. Esta preocupação foi expressa durante um fórum empresarial em Nova Delhi.

Exageros da indústria tecnológica

A indústria tecnológica, em sua empolgação com as potencialidades das redes sociais, pode ter exagerado em seus benefícios, desconsiderando os riscos inerentes. Smith lamentou essa tendência durante o B20 (Business 20), evento que reúne empresas privadas.

O presidente da Microsoft alertou sobre o desenvolvimento da Inteligência Artificial

> ‘Temos que ser lúcidos, temos que nos animar com as possibilidades que nos são oferecidas, mas também refletir, e até mesmo nos preocupar, com os inconvenientes. Temos que construir garantias desde o princípio’, alertou.

Os riscos da IA

Os riscos da IA estão cada vez mais presentes no mundo, especialmente com a possibilidade de mau uso, como nos vídeos ‘deep fake’, onde pessoas aparecem fazendo afirmações que não fizeram.

A IA, que promete revolucionar várias profissões, também causa apreensão em muitos trabalhadores, que temem mudanças em seus empregos ou até mesmo a extinção de seus cargos.

IA e o mercado de trabalho

Apesar das preocupações, um estudo da Organização Internacional do Trabalho (OIT) afirma que a IA tem mais chances de criar empregos do que destruí-los. Segundo o estudo, a IA provoca ‘potenciais mudanças na qualidade dos cargos de trabalho, sobretudo na carga de trabalho e na autonomia’.

Efeitos variados da IA

Os efeitos da IA variam muito entre profissões e áreas, sendo que as mulheres são mais propensas a serem afetadas que os homens, de acordo com o estudo.

> ‘A sociedade quer garantir que essa nova tecnologia continue a ser controlada pelos humanos’, disse Smith.

Influenciadora criada por IA

A influenciadora criada por inteligência artificial está recebendo elogios apaixonados de fãs: ‘Você é linda’

Em suma, é vital que enquanto exploramos as potencialidades da IA, continuemos a considerar e a mitigar os riscos associados. Isso permitirá que tiremos o melhor proveito desta tecnologia revolucionária, minimizando os danos potenciais. A IA tem o potencial de transformar muitos aspectos de nossas vidas, mas deve ser desenvolvida e controlada com cuidado e consideração por seus impactos em nossa sociedade e em nossos modos de vida.

Para informações adicionais, acesse o site

Comentários desativados em A Inteligência Artificial corre o risco dos mesmos equívocos das redes sociais, alerta presidente da Microsoft