Home Notícias Trabalhar em casa: boas práticas para se manter produtivo

Trabalhar em casa: boas práticas para se manter produtivo

8 min read
0
0
30
Quer receber as principais notícias do Polo Fit pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Trabalhar em casa é o sonho de muitas pessoas. Acontece que, sem planejamento e disciplina, esse sonho pode facilmente se tornar um pesadelo. A dificuldade maior surge, principalmente, quando esse regime de trabalho é adotado em caráter de urgência. 

Por aqui, eu e meu time trabalhamos remotamente. Por isso, entendemos que, seja você você um trabalhador freelancer ou um funcionário que precisou adotar o home office por motivos diversos, adaptar a sua rotina será necessário para que você consiga trabalhar em casa. 

Para te ajudar se organizar, listamos algumas boas práticas que você deve adotar para tornar o trabalho remoto mais fácil e produtivo.  

Boas práticas para ser produtivo trabalhando em casa

Defina um horário: o primeiro passo é definir uma jornada de trabalho. Se sua empresa não fez isso, faça você. Defina o horário que você irá começar e o horário que irá terminar de trabalhar. Isso irá te ajudará a respeitar também os momentos necessários para o seu descanso e convívio com a família. 

Vista-se para a ocasião: fuja da ideia de passar o dia todo de pijamas. Crie uma rotina de se preparar para trabalhar. Principalmente para quem normalmente trabalha fora de casa, isso vai ajudar a passar do estado mental de descanso para o de trabalho. 

Defina um ambiente de trabalho: escolha um local da sua casa para montar o seu posto de trabalho. Dê preferência para espaços em que você tenha mais privacidade e onde tenha a menor circulação possível de outras pessoas. Isso evita que você perca o foco e impede que alguém te atrapalhe em meio a uma videoconferência.

Evite trabalhar deitado. Por mais que pareça tentador, principalmente em dias mais frios, isso te coloca em estado de descanso e você vai produzir menos. Além disso, sua postura ficará prejudicada, podendo resultar em dores na coluna.  

Playlists podem ajudar: trabalhar em casa muitas vezes é um desafio para a concentração. Se você tiver dificuldade com isso, procure por playlists com músicas calmas, sons da natureza ou voltadas especificamente para esse fim.  

Sites como o RainyMood, por exemplo, costumam ser muito usados por quem tem dificuldade para se concentrar. 

Não fique 24h online: essa prática é válida principalmente para quem trabalha atendendo diretamente o público. Defina um horário de atendimento para responder mensagens de seus clientes, do contrário você se pegará atendendo em meio ao jantar com sua família e até mesmo de madrugada. 

Estabeleça regras para o contato com sua equipe também. Tentem não adotar o WhatsApp como meio de comunicação, pois isso acabará te fazendo burlar a prática de definir um horário. Optem por ferramentas como o Slack, por exemplo, e dessa forma separem o que é trabalho e o que é conversa pessoal. 

Checklists: crie listas com as tarefas que você precisa executar. Elas te ajudam a assimilar as atividades que precisam ser feitas e a ter controle do tempo que você tem para executá-las. Crie o hábito de no início do dia enumerar aquilo que você precisa fazer e de ao final do expediente marcar o que foi concluído. 

Uma dica é começar a elencar aquilo que não funcionou. Dessa forma você pode identificar alguma dificuldade que esteja atrasando suas tarefas ou te impedindo de produzir.

Você pode fazer isso de maneira privada ou dividir com seus colegas. Por aqui, chamamos isso de diário de bordo e, todos os dias, enviamos as tarefas que concluímos e o que não funcionou. Com isso, o time consegue ajudar um ao outro com aquilo que não está dando certo.

Ferramentas que podem te ajudar

Listamos aqui algumas ferramentas que podem te ajudar a trabalhar remotamente. Elas facilitam desde a organização das tarefas até o contato com seus colegas de trabalho:

Comunicação com a equipe: Slack, MondayMicrosoft TeamsWorkplaceTwist;

Ferramentas para videoconferência: ZoomHangoutsSkype;

Organização de tarefas: TrelloFlow, Asana;

Armazenamento de arquivos:  Google DriveDropbox.

É preciso se adaptar

Essas são práticas que, quando aplicadas ao dia-a-dia de quem trabalha em casa, ajudam muito a melhorar a produtividade. Contudo, tenha em mente que você precisa adaptá-las a sua realidade. Nem sempre o que funciona para mim vai funcionar para você. O que buscamos aqui é apresentar um norte, principalmente para quem “caiu de paraquedas” nesse modelo de trabalho.

Tem mais dicas para quem trabalha em casa? Conta aqui nos comentários.

Load More Related Articles
Load More By admin
Load More In Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Verificação em duas etapas no WhatsApp: entenda porque e como fazer

O WhatsApp desponta há anos com um dos aplicativos mais usados no mundo. Por conta disso, …